Total de visualizações de página

Pesquisar este blog

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Instalando e Atualizando GLPI no Debian Jessie (8.7.1)

Olá, hoje vamos ver como instalar e atualizar seu GLPI (Gestão Livre de Parque de Informatica).

# Pagina do Projeto
referencia; http://glpi-project.org/spip.php?lang=en

# Atualizando seu Sistema Operacional:
apt-get clean && apt-get update && apt-get upgrade

# Instalando o MySQL
apt-get install mysql-server mysql-client php5-mysql php5-gd

anote o senha do usuário root do banco 'sua_senha_forte'

# Instalando o PHP
apt-get install php5 libapache2-mod-php5 php5-mysql php5-gd

# Testando o PHP
vi /var/www/info.php

insira no arquivo o conteúdo abaixo:
<?php
phpinfo();
?>

agora acesse pelo Browse de sua preferencia
http://IP_Servidor/info.php

# Download do pacote GLPI
wget -c https://forge.indepnet.net/attachments/download/1954/versao_atual.tar.gz

# Descompactando
tar -xvzf arquivo_ultima_versao.tar.gz -C /var/www/

# Permissões para Instalação:
cd /var/www/glpi/files
chmod 777 *

# Restart no Servidor Apache
service apache2 stop && service apache2 start

# Acessando o Servidor
http://IP_Servidor/glpi/

# Instalação da conexão com o banco de dados
Servidor MySQL = localhost
Usuário MySQL = root
Senha MySQL = sua_senha_forte
Criar um novo banco de dados ou utilizar um existente = glpi

# Usuário e senha padrao
User = glpi
Pass = glpi

# Segurança
Por motivos de segurança, por favor altere as senhas dos usuários padrão: glpi tech normal post-only 
Por motivos de segurança, por favor remova o arquivo: install/install.php

# Possíveis erros:
Você deve instalar a extensão MySQL Improved para PHP.
--> corrige com a instalacao do pacote php5-mysql

A extensão GD do seu interpretador PHP não está instalado>
--> corrige com a instalacao do pacote php5-gd

O processo não pôde ser criado. Verificando permissão do diretório: /var/www/glpi/files'
--> corrige concedendo permissao na pasta com o comando chown -R www-data.www-data glpi/

# Atualizacao de Versao
1. Criar snapshot do Servidor (seguranca01)
VMware vSphere Client (caso esteja utilizando virtualização)

2. Efetuar o download da ultima versao
http://www.glpi-project.org/

3. Copiar para o Servidor por WinSCP
WinSCP

4. Stop Servidor Apache
service apache2 stop

5. Criar backup da Pasta da versão antiga (seguranca02)
mv -uv <Diretório do seu GLPI> <Diretório do seu GLPI>_old

6. Descompactar a nova versao no diretorio do apache 
tar -zxvf <arquivo.tar.gz> -C /var/www/
De permissões de escrita nas pastas /files e /config

7. Start Servidor Apache
service apache2 start

8. Acesse o GLPI via browser, durante a instalação selecione atualizar e sem seguida escolha sua base de dados a ser atualizada, insira seu usuário e senha do BD.
http://IP_servidor/glpi/

9. Acesse via terminal o seu servidor, navegue até:
cd /var/www/<Diretório do seu GLPI>
mv files /files_update

10. Copie as pastas:
cd /var/www/<Diretório do seu GLPI_old>
cp -R /files /var/www/<Diretório do seu GLPI>

11. Remover o arquivo
cd /var/www/glpi && rm -rf install/install.php

12. Atualizar os Plugins
https://forge.glpi-project.org/projects/dashboard/files
tar -zxvf <arquivo.tar.gz> -C /var/www/glpi/plugins/

13. Instalar o Plugin
Via browse na aba Configurar --> Plug-ins
Clicar em atualizar e habilitar

# Dicas - Comandos Básicos Mysql
CREATE DATABASE nome-do-banco;
SHOW DATABASES;
USE nome-do-banco;
SHOW TABLES;

# Dicas - Limpar chamados da base do GLPI
mysql -uroot -p (apos isso digite a senha do usuário SA do banco de dados).
truncate glpi_crontasklogs;
truncate glpi_documents;
truncate glpi_documents_items;
truncate glpi_events;
truncate glpi_logs;
truncate glpi_queuedmails;
truncate glpi_taskcategories;
truncate glpi_ticketfollowups;
truncate glpi_tickets;
truncate glpi_tickets_users;
truncate glpi_ticketsatisfactions;
truncate glpi_tickettasks;
truncate glpi_ticketvalidations;

Acredito que com isso todos podem um sistema de controle de helpdesk e controle de ativos.

segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

Bash do Ubuntu no Windows

Que tal rodar comandos do Linux no Windows (sem nenhum programa extra). Pois é isso é possível.

Pressione a tecla "Run" do Windows (isso aquela das bandeirinhas do Windows) e digite "Configurações" e pressione "Enter".

Encontre a opção "Atualização e segurança" encontre a opção "Para Desenvolvedores" e marque o "Modo de desenvolvedor":

Logo após isso pressione novamente a tecla Run do Windows e digite "Ativar ou desativar recursos do Windows" encontre a opção "Subsistema do Windows para Linux (Beta). Ou se preferir habilitar pela linha de comando:

Enable-WindowsOptionalFeature -Online -FeatureName Microsoft-Windows-Subsystem-Linux




Após ativar o recurso reinicie seu computador e logo após pressione tecla Run e digite "bash" e confirme com o "Y":



Novamente digite bash e agora crie um novo usuário para utilizar o bash:



O diretório da aplicação é %localappdata%\lxss\

Por ultimo caso queria mais informações sobre:

https://msdn.microsoft.com/en-us/commandline/wsl/about