Como formatar um pen drive no Linux

Primeiro vamos identificar nosso pendrive com o comando mount A saida do comando sera portal on /run/user/1000/doc type fuse.portal (rw,nosuid,nodev,relatime,user_id=1000,group_id=1000) tmpfs on /run/snapd/ns type tmpfs (rw,nosuid,nodev,noexec,relatime,size=1626292k,mode=755) nsfs on /run/snapd/ns/whatsdesk.mnt type nsfs (rw) /dev/sdb1 on /media/junior/538B-BA22 type vfat (rw,nosuid,nodev,relatime,uid=1000,gid=1000,fmask=0022,dmask=0022,codepage=437,iocharset=ascii,shortname=mixed,showexec,utf8,flush,errors=remount-ro,uhelper=udisks2) Assim que identificamos (no meu caso foi o /dev/sdb1) iremos desmontar o pendrive sudo umount /dev/sdb1 Para o sistema de arquivos vFAT (FAT32) sudo mkfs.vfat /dev/sdc1 Para sistema de arquivos NTFS sudo mkfs.ntfs /dev/sdc1 Para o sistema de arquivos EXT4 sudo mkfs.ext4 /dev/sdc1 Agora vamos criar nosso pendrive com um vmware (como exemplo) sudo dd if=/home/junior/Downloads/isos/vmware7.iso of=/dev/sdb status=progress && sync

Atualizando o Clamav 0.85 para 0.96

Recentemente me deparei com um "problema" relacionado ao antivírus Clamav que fica em meu servidor de correio, além de me dar uma dor de cabeça devido a reclamação geral dos usuários finais eu pequei por não ter lido no próprio site que versões abaixo da 0.95 seriam descontínuas, ou seja, EU FUI OBRIGADO A FAZER O UPGRADE DA MESMA.

Abaixo a notícia que estava no próprio site, ref: http://www.clamav.net/lang/en/

IMPORTANT ANNOUNCEMENT


On 15 April 2010 all ClamAV installations older than 0.95 will be disabled. See http://www.clamav.net/eol-clamav-094/ for more details.



Então mão na massa:

Obtendo a nova versão:
#cd /opt
#wget -c http://downloads.sourceforge.net/project/clamav/clamav/0.96/clamav-0.96.tar.gz?use_mirror=ufpr

Removendo a versão antiga
Temos N maneiras de remover um pacote instalado, no meu caso que instalei atraves de um pacote opensource eu fiz:
#cd /opt/clamav-0.85
#make uninstall && make clean

Descompactando a nova versão:
#cd /opt
#tar -xvzf clamav-0.96.tar.gz
#cd clamav-0.96
#./configure && make && make install

Criando diretórios e permissões:
Só lembrando que você pode fazer do jeito que achar melhor, mas eu resolvi deixar a estrutura de diretórios no default da instalação.
#mkdir /var/log/clamav /var/lib/clamav /var/run/clamav
#chown -R clamav:clamav /var/log/clamav /var/lib/clamav /var/run/clamav
#chmod go+rw /var/log/clamav /var/lib/clamav /var/run/clamav



Configurando o arquivo clamd.conf 
Só uma observação, em todos os tutoriais que encontrei na NET só pediam para "descomentar" as opções, o que estava errado, pois na documentação do arquivo clamd.conf, eu estava pecando em não informar a opção true nas minhas minhas opções, KKKKKKK.
vi /usr/local/etc/clamd.conf
--> LogFile /var/log/clamav/clamd.log
--> LogTime true
--> LogSyslog true
--> PidFile /var/run/clamav/clamd.pid
--> DatabaseDirectory /usr/local/share/clamav
--> User qscand

Configurando o freshclam.conf
#vi /usr/local/etc/freshclam.conf
--> DatabaseDirectory /usr/local/share/clamav

Atualizando o Clamav
#freshclam -l /var/log/clamav/clam-update.log

Iniciando o Clamav
#/etc/init.d/clamav stop
#/etc/init.d/clamav start

Agendando tarefa no CRONTAB
35 1 * * * /usr/local/bin/freshclam --quiet -l /var/log/clamav/clam-update.log

Ou seja, aos 35 minutos da hora 1 de todos os dias o freshclam vai fazer a atualização e mandar para o log clam-update.log

Bom senhores, como sempre tentei ser o mais transparente possível, pois as vezes na NET o pessoal coloca muita teoria que não tem muito haver com o dia a dia no meio corporativo, desculpe as palavras, mas é real.

Att Junior.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Instalando e Atualizando GLPI no Debian Jessie (8.7.1)