Como formatar um pen drive no Linux

Primeiro vamos identificar nosso pendrive com o comando mount A saida do comando sera portal on /run/user/1000/doc type fuse.portal (rw,nosuid,nodev,relatime,user_id=1000,group_id=1000) tmpfs on /run/snapd/ns type tmpfs (rw,nosuid,nodev,noexec,relatime,size=1626292k,mode=755) nsfs on /run/snapd/ns/whatsdesk.mnt type nsfs (rw) /dev/sdb1 on /media/junior/538B-BA22 type vfat (rw,nosuid,nodev,relatime,uid=1000,gid=1000,fmask=0022,dmask=0022,codepage=437,iocharset=ascii,shortname=mixed,showexec,utf8,flush,errors=remount-ro,uhelper=udisks2) Assim que identificamos (no meu caso foi o /dev/sdb1) iremos desmontar o pendrive sudo umount /dev/sdb1 Para o sistema de arquivos vFAT (FAT32) sudo mkfs.vfat /dev/sdc1 Para sistema de arquivos NTFS sudo mkfs.ntfs /dev/sdc1 Para o sistema de arquivos EXT4 sudo mkfs.ext4 /dev/sdc1 Agora vamos criar nosso pendrive com um vmware (como exemplo) sudo dd if=/home/junior/Downloads/isos/vmware7.iso of=/dev/sdb status=progress && sync

Comandos uteis para um script .bat

Olá, hoje vamos ver alguns comandos uteis para um script .bat

ECHO      - Mostra na tela
ECHO OFF  - Oculta códigos e informações executados pelo sistema.
ECHO ON   - Exibe códigos e informações executados pelo sistema.
ECHO.     - Pula uma linha.
@ECHO     - Faz com que o prompt fique oculto durante a execução.
SET       - Cria variável que pode ser referenciada através de %variável%.
CLS       - Limpa tela do console.
IF e ELSE - Utilizado em condicoes para seus scripts.
GOTO      - Avança até determinado trecho do lote.
FOR       - Laço de repetição.
PAUSE     - Faz uma pausa na execução e exibe: “Pressione qualquer tecla para continuar.”
REM       - Comentarios.
START     - Inicializa um aplicativo ou programa.
MOVE      - Move (recorta) um arquivo de um diretório para outro.

Com isso podemos fazer scripts de logon com uma "pitada" de profissionalismo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Instalando e Atualizando GLPI no Debian Jessie (8.7.1)