Total de visualizações de página

Pesquisar este blog

terça-feira, 16 de abril de 2019

Dica VIM selecionar colunas

Olá, hoje vou demostrar de forma rápida e fácil a seleção de colunas utilizando o editor de texto VIM.

Nosso exemplo:
No bloco abaixo pense que queremos selecionar a posição 1 a 20 nosso bloco de texto, para isso use as 

Posicione o cursor na primeira linha e na primeira coluna e pressiona as teclas "Ctrl+v":

Agora digite 20 |

Para ir até o final da linha, no caso a linha 30, pressione: 30j

Assim pode selecionar o bloco que quiser e fazer o que precisa, no meu caso eu precisava apagar um arquivo com 10 mil linhas a posição 20 a 23 com isso fiz o comando completo abaixo:

Ctrl+v 20 | 10000j d

Claro que no Linux podemos fazer várias coisas com inúmeros jeitos diferentes, mas como eu precisava estar dentro do arquivo, foi essa maneira que achei mais simples.

sexta-feira, 5 de abril de 2019

UniFi - Portas utilizadas

UniFi - Portas utilizadas

Caso você tenha a solução para Rede Wireless Corporativa (Unifi da Ubiquiti) e você é um Gerente da Rede vai precisar liberar algumas portas dentro do seu ambiente:

Portas locais


Portas necessárias para gerenciamento de L3 pela Internet



Portas de saída necessárias para acesso a nuvem UniFi



Uma boa dica que sempre nos faz perder um certo tempo no Firewall.

sexta-feira, 29 de março de 2019

Gerando senhas aleatórias com pwgen no Linux

Olá, achei um programa muito bom pra você que precisa criar senhas com nível de complexibilidade para os usuários.

Instalando o programa
DEBIAN/UBUNTU
# apt-get install -y pwgen
FEDORA
# dnf install -y pwgen
CENTOS
# yum install -y pwgen

Alguma opções interessantes
pwgen sem parâmetro nenhum vai gerar 160 password com 8 caracteres com senhas fáceis de lembrar

pwgen -s com esse parâmetro vai gerar 160 senhas com 8 caracteres com senhas difíceis de lembrar

pwgen -s -1 vai gerar apenas uma senha com parâmetro de senha difícil

pwgen -s -1 14 vai gerar apenas uma senha com 14 caracteres com parâmetro de senha difícil 

pwgen -s -1 10 5 -y vai gerar apenas uma senha com 10 caracteres com caracteres especiais


Agora a cereja do bolo...
Crie um arquivo usuarios.txt com a lista de usuários que deseja criar a senha aleatória

vim usuarios.txt
user1
user2
user3
user4


Salve o arquivo e agora vamos utilizar o bom e velho laco for


for usuarios in `cat usuarios.txt`;do pwgen -s 10 1 | sed "s/^/$usuarios /";done

E a saída vai ser:
user1 GnzngGzt0y
user2 iH0yR6NWKv
user3 ZRusTjnK2W
user4 7auNari7Vh
user5 ZRw6H0RKf8

sábado, 9 de março de 2019

Alternativas para o Microsoft Visio

Olá, duas opções em nuvem para desenvolvimento de projetos de Redes entre outros. As duas opções substituem o Microsoft Visio

https://www.draw.io/

https://www.lucidchart.com

Valeu

quinta-feira, 7 de março de 2019

Enable Start SSH on Kali Linux

Olá, caso você tenha instalado o Kali Linux e precise que o serviço de SSH inicie automaticamente logo após o boot do Sistema Operacional basta seguir abaixo:

Logon como root vamos verificar se o serviço está rodando
# service --status-all | grep "ssh"

Caso o resultado seja um [ - ] significa que o serviço não está subindo no boot do sistema operacional

Para habilitar no boot
systemctl enable ssh

Efetue um reboot no sistema e agora pode testar

Permissão non-admin em serviços Windows (services.msc)

Recentemente tive a necessidade de atribuir uma permissão para um fornecedor de software externos (realidade hoje na empresa), mas como ainda preservo a segurança em Servidores (até o dia que contrair um #ransomware) resolvi demostrar como atribuímos essa permissão.

Premissa
Entre no CMD do windows ou Powershell como Administrador/Administrator

Comando
sc sdshow "Servico_Desejado"

A saída do comando será do tipo (não vou entrar em detalhes o que é cada permissão)
D:(A;;CCLCSWRPWPDTLOCRRC;;;SY)(A;;CCDCLCSWRPWPDTLOCRSDRCWDWO;;;BA)(A;;CCLCSWLOCRRC;;;IU)(A;;CCLCSWLOCRRC;;;SU)S:(AU;FA;CCDCLCSWRPWPDTLOCRSDRCWDWO;;;WD)

Comando para colher o DN do usuario no AD que deseja liberar
dsget user "CN=user_terceiro,OU=Usuarios,OU=Terceiro,OU=Empresa,DC=local" -sid
#Saida do comando será conforme abaixo
S-1-5-21-2946510927-419973961-3464190895-1541

Pulo do gato (importante: inserir o SID do usuário antes da permissão do ultimo bloco
sc sdset "Servico_Desejado" D:(A;;CCLCSWRPWPDTLOCRRC;;;SY)(A;;CCDCLCSWRPWPDTLOCRSDRCWDWO;;;BA)(A;;CCLCSWLOCRRC;;;IU)(A;;CCLCSWLOCRRC;;;SU)(A;;CCLCSWRPWPDTLOCRRC;;;S-1-5-21-2946510927-419973961-3464190895-1541)S:(AU;FA;CCDCLCSWRPWPDTLOCRSDRCWDWO;;;WD)

Agora confira com o comando
sc sdshow "Servico_Desejado"

Meus posts sempre foram curtos e rápidos, talvez esse foi meu grande erro na minha caminhada profissional, resolver rápidos problemas não significa que são fáceis.

#sysadmin #redes #tecnologia #juniorengbr

terça-feira, 26 de fevereiro de 2019

Install MATE no centOS 7

Olá, tudo bem? Hoje vamos ver como instalar o ambiente gráfico MATE no centOS. Recentemente fiz uma instalação através da media minimal do Sistema Operacional centOS (sendo Linux estou feliz, :-)) Mas com o passar dos dias vi a necessidade de instalar o gráfico pois estou criando ambientes de teste para esse sistema operacional.

Sem muita enrolação (como sempre), vamos lá. Vou sair da premissa que pelo menos o sistema operacional básico já esteja em sua VM ou seu Hardware físico.

Instalação dos repositórios necessários
# yum install epel-release
# yum groupinstall "X Window system"

Instalação dos pacotes MATE
# yum groupinstall "MATE Desktop"

Configuração para MATE subir com o sistema operacional
# systemctl isolate graphical.target
# systemctl set-default graphical.target





LVM no Debian 9.8

Analisando discos
# fdisk -l

Particionando discos
# fdisk /dev/sda
# fdisk /dev/sdb

Criando volumes fisicos
# pvcreate /dev/sda1 /dev/sdb1
# pvdisplay

Criando grupo de volume
# vgcreate srv00 /dev/sda1 /dev/sdb1
# vgscan

Criando volumes logico
# lvcreate --name backup --size 3,6T srv00
# lvdisplay

Formatando o disco
# mkfs.ext4 /dev/srv00/backup
# lvdisplay

Tabela de partição
# vim /etc/fstab
/dev/srv00/backup     /srv00    ext4        rw,noatime    0 0

Conferindo no cenário
# df -h

Esse POST foi o mais rápido, porém, funcional.

terça-feira, 12 de fevereiro de 2019

Installing Python Debian GNU/Linux 9.7 (stretch)

Hoje vamos instalar o Python-3.7.2 no Debian GNU/Linux 9.7 (stretch)

Dependencias
$ sudo apt-get install zlib1g-dev

Nota: com a instalação acima evita o erro abaixo
Assim evita o erro
zipimport.ZipImportError: can't decompress data; zlib not available
Makefile:1130: recipe for target 'install' failed
make: *** [install] Error 1

Download do Python
$ cd /opt
$ wget -c https://www.python.org/ftp/python/3.7.2/Python-3.7.2.tar.xz
$ sudo tar xvf Python-3.7.2.tar.xz
$ cd Python-3.7.2/
 
Instalacao do Python
$ sudo ./configure
$ sudo make
$ sudo make test
$ sudo make install

Forte abraço a todos.

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2019

Desabilitar Blank Screen Raspberry Pi

Olá, hoje tive a necessidade de desabilitar a "Blank Screen" que é a "Tela preta" que após alguns minutos acontece no Raspberry Pi.

No meu caso foi necessário devido a máquina ficar monitorando um sistema de WMS.

Abra um terminal e digite:

$ sudo vim /etc/lightdm/lightdm.conf

Agora procure pela seção abaixo:

[Seat*:]

E insira o conteúdo abaixo

xserver-command=X -s 0 dpms

Salve o arquivo, para garantir efetue um reboot no Raspberry

Pronto, agora seu Raspberry não vai mais ficar com a "tela preta" depois de alguns minutos.

Seja livre use Linux.

terça-feira, 29 de janeiro de 2019

Instalando WineHQ Debian 9

Olá, hoje vamos instalar o WineHQ (versão stable) no Debian 9

Com ele podemos rodar programas "Windows" dentro o Debian.

Ative arquitetura i386 no seu Debian
$ sudo dpkg --add-architecture i386

Faça o download da chave do repositorio
$ wget -nc https://dl.winehq.org/wine-builds/winehq.key
 
Instale a chave
$ sudo apt-key add winehq.key
 
Crie o arquivo winehq.list dentro do seu sources.list ou sources.list.d
$ sudo echo "deb https://dl.winehq.org/wine-builds/debian/ stretch main" > /etc/apt/sources.list.d/winehq.list

Atualize seus repositórios
$ sudo apt update

Instale os pacotes
$ sudo apt install --install-recommends winehq-stable

Ressalva
Lembre que o WINE significa "Wine Is Not an Emulator”, ou seja, ele não é um emulador, ele é uma camada de compatibilidade capaz de rodar aplicações Windows dentro do Linux.

quinta-feira, 17 de janeiro de 2019

Comando rename no Linux

Olá, feliz 2019 a todos, no fim do ano disse que iria parar com o blog, mas pensei bem e acho que é desnecessário fazer isso, uma vez que ele está no ar a tanto tempo.

Hoje vou mostrar um comando muito útil para  renomear uma grande quantidade de arquivos com a mesma extensão. No exemplo abaixo pense que eu tenho 1000 arquivos com a extensão .txt e gostaria de renomear para .log

Então vamos a mão na massa:

 

Agora vamos ao comando "mágico"
rename 's/txt/log/' *.doc

 

Com isso inicio minha série de posts sobre Linux, esse ano minha meta são as LPI e também segurança

Obrigado a todos que acompanham o meu blog desde o inicio, estamos juntos.